redcake

Aprenda de uma vez por todas a fazer SEO para landing pages

Pra começo de história, você tem ideia do que é uma landing page? Então, muita gente já se deparou diversas vezes com uma e nem sabia. Se você é uma dessas, relaxa porque agora você vai saber de tudo!

Quando falamos em Marketing Digital dificilmente não pensamos em metas. Isso quer dizer que, absolutamente, todo mundo que trabalha nessa área precisa entregar resultados. Esses resultados têm como objetivo gerar maior oportunidade de negócio para a empresa.

E é nessa de gerar maiores e melhores resultados que [também!] entra a landing page. A gente sabe que você já sabe o que é Lead, Lead Tracking, Personas e People Marketing, afinal de contas, você é um leitor assíduo do nosso blog, certo?! E se ainda não for, vai adorar ser! E a gente adora ter você por aqui.

Voltando às landing pages, elas são uma das formas de conseguir capturar leads para a sua empresa. E para que ela funcione da melhor maneira possível, é preciso saber fazer SEO específico para elas. Bora lá!

LANDING PAGES

SEO para landing pages

Ela é uma página que permite a captura de um visitante através de um formulário de lead. Isso faz com que o visitante que ali chega, seja direcionado para um fluxo de nutrição – ou seja, uma ação de e-mail marketing boa o suficiente para fazer com que essa pessoa se interesse pelas ofertas da sua empresa.

Basicamente é assim: você oferece algo que é/pode ser de interesse para a pessoa. Se a pessoa se interessar mesmo, ela deixa os dados [faz cadastro] em troca do material. A imagem acima  é um exemplo criado pela Rock Content.

POR QUE FAZER UMA LANDING PAGE?

SEO para Landing Pages

Carinhosamente chamada de LP, a landing page pode fazer com que seus visitantes executem ações específicas. Em um site tradicional existem diversas páginas [seções], o que – muitas vezes – faz com que o visitante acabe se distraindo. A LP fornece uma informação mais direta, fazendo com que o visitante se concentre no que está lendo. E, preenchendo o [tão importante] formulário.

Mas, para que o seu público preencha o formulário é preciso que você entregue um conteúdo que seja de real interesse. Por isso é muito é importante se focar na persona, nos interesses dela. Isso fará com que o público que você quer atrair chegue até você. Fazendo isso, quanto mais leads você gerar a partir das landing pages, maiores serão as chances de converter visitas em negócios.

Outra coisa, faça uma LP que seja curta. De longo já basta o seu site. Aqui, ao contrário do blog, quanto menos tempo as pessoas passarem na sua landing page, melhor! Pesquisas apontam que quanto mais tempo as pessoas ficam em uma LP menor é a chance de convertê-la em lead. Então, crie páginas curtas e objetivas. Nesse caso, menos é mais.

O QUE É SEO?

SEO para Landing Pages

Tem gente que vive confundindo SEO e CEO. E, bom, isso é natural, afinal os dois tem o mesmo ‘som’ em português. Mas para você nunca mais errar, o SEO se fala [ésse-i-ou] e o CEO se fala [ciou]. E qual a diferença entre eles?

O CEO é a pessoa, significa Chief Executive Officer [Diretor Executivo], ou seja, é a pessoa com maior autoridade na hierarquia operacional de uma organização.

Já o SEO significa Search Engine Optimization [Otimização para Mecanismos de Busca]. É um conjunto de técnicas aplicadas em sites com o objetivo de alcançar bom posicionamento nos resultados de busca em sites de pesquisa, como o Google.

Em outras palavras, se você quer que o seu negócio tenha visibilidade online, foca no SEO que você vai ser feliz. [Bom, não só nele, mas esse já é um passo enorme!] Lembre-se que 90% das pessoas clicam nos resultados que aparecem na primeira página. E, fazendo o SEO certinho, o seu site tem grandes chances de estar entre os primeiros resultados de busca.

Além disso, através do SEO você consegue captar uma grande quantidade de tráfego qualificado; potencializa a quantidade de conversões nas páginas; e, ainda, pode conquistar o status de autoridade em determinado assunto.

SEO E LANDING PAGE

SEO para Landing Pages

Ok, agora você já sabe o que é e para que serve uma landing page e, também, o que é SEO [e nunca mais vai confundir com CEO]. E o que uma coisa tem a ver com outra?

Toda página possui SEO, e aquelas que são construídas a partir de técnicas de SEO são otimizadas para os mecanismos de busca. Ou seja, fazem com que as páginas sejam mais “amigáveis” para os robozinhos de busca encontrarem. Imagine que sonho seria se os robozinhos do Google e o seu site andassem de mãos dadas para sempre?!

No caso as landing pages, por serem – geralmente – divulgadas através de mídia paga, muita gente acha que otimizá-las seria perda de tempo. Esse é um pensamento completamente equivocado. Isso porque com a mídia paga, as campanhas podem trazer resultados em dias ou semanas, mas aparecer nos resultados de busca orgânica fará com que sua empresa continue gerando leads mesmo depois que a campanha acabar. E tudo isso por causa do SEO.

OTIMIZAÇÃO DE LANDING PAGE

Palavras-Chave

SEO para Landing Pages

Um dos maiores segredos para conquistar os primeiros lugares nos mecanismos de busca é saber escolher a palavra-chave certa. Para alcançar o público que deseja é preciso estar atento ao estágio do funil de vendas em que essa pessoa está.

Se, por acaso, ela estiver no meio ou no topo, prefira optar por dicas e guias de como realizar ações que solucionem problemas específicos. Agora, as pessoas que estão no fundo do funil, geralmente, estão mais interessadas em ter mais informações sobre a sua oferta [descrição de produtos/serviços, preço, desconto, facilidades de compra, etc.].

Existem 02 tipos de palavras-chave: long tail e head tail.

A primeira consiste em termos longos e específicos, por exemplo: “televisão 32 polegadas preta LCD”. Quem faz esse tipo de busca já sabe o que quer e, provavelmente está em busca da melhor loja para finalizar a compra. Assim, a long tail oferece maior taxa de conversão, já que o lead está em um estágio mais avançado.

Já as head tail, são esquisas simples, como: “televisão”. Uma pessoa que digita esse tipo de palavra-chave está longe de fechar uma compra. Primeiro, provavelmente, ela nem sabe o que quer. Fazendo com que a taxa de conversão seja mínima.

Além disso, é muito mais difícil competir com grandes marcas e sites que já possuem posicionamento ranqueado utilizando head tail do que a long tail.

Conteúdo interessante para a sua Landing Page

SEO para Landing Pages

Isso é meio óbvio, afinal de contas, é o conteúdo que você oferece na sua landing page que transformará aquela visita em lead. Mas, como já dissemos, é preciso que, primeiro, este conteúdo chegue até as pessoas certas, por isso, o SEO é tão importante.

Bom, mas falando sobre o conteúdo, foque em assuntos que tenham relevância para o seu público. Assim como os textos da própria LP, que devem ser curtos, mas atrativos o suficiente para conversar de que o conteúdo que você está oferecendo, também, é bom.

Use e abuse dos Links

Se você já tem alguma postagem que fala sobre o assunto tratado na sua LP, faça links para ela dentro desse conteúdo. O link-building contribui para o SEO da LP, porque faz com que o Google entenda que várias páginas estão apontando ela para seus visitantes.

Agora, se a sua intenção for gerar conversões em cliques, a sugestão é fazer banners e coloca-los dentro dos posts. Assim você convida as pessoas que veem seus posts a acessarem a sua LP, aumentando a chance de conversão.

Conteúdos visuais são excelentes!

Ter uma imagem ou vídeo principal faz toda a diferença na hora de chamar atenção para a sua landing page. Por isso, invista parte do tempo da criação da LP em busca da melhor escolha do conteúdo visual.

E, ao fazer o upload do mesmo, lembre-se de inserir o alt text com a palavra-chave principal, isso ajuda [muito!] no ranqueamento.

Outro detalhe é optar por conteúdos que carreguem rápido. No que se refere às imagens, é importante comprimi-las, usando ferramentas como JPEGmini e TinyPNG.

Mobile friendly e velocidade

Pesquisas do Google apontam que boa parte das pesquisas são realizadas pelo celular, em alguns países, até mais que por desktop. Por isso, escolha páginas que sejam responsivas para dispositivos móveis, porque elas recebem um melhor ranqueamento.

A velocidade de carregamento da página também é extremamente importante. De acordo com o Google, os sites devem carregar em aproximadamente 2 segundos. E se você acha que esse é um critério do buscador, muito se engana. Ele foi estabelecido de acordo com o comportamento dos próprios usuários, ou seja, todos nós!

Tenha em mente que, quando falamos sobre marketing digital, cada segundo é precioso. Se você tem dúvidas sobre o tempo de carregamento do seu site, use Test My Site.

Para se ter uma ideia, o Google tem mais de 200 critérios de ranqueamento. Então, cada mínimo detalhe faz diferença sim!

E se você gostou de saber mais sobre suas futuras navegações na internet, provavelmente irá gostar também dos outros assuntos que temos aqui no blog. Então se liga nas outras novidades que tem por aí.







Cases

A melhor forma de conhecer a qualidade dos nossos serviços é através daqueles com quem trabalhamos.